faq

O que é?


O LiderA é um sistema voluntário de avaliação da sustentabilidade da construção, para a orientação, que pode apoiar o desenvolvimento de soluções sustentáveis e em caso de desempenho comprovado, pode atribuir a certificação pela marca portuguesa LiderA - Sistema de Avaliação da Sustentabilidade.




Como surgiu?


Surgiu no âmbito de uma investigação iniciada, em 2000, por Manuel Duarte Pinheiro no Departamento de Eng.ª Civil e Arquitectura do IST, tendo em vista elaborar um sistema que apoie, avalie e contribua para a gestão ambiental e a sustentabilidade dos ambientes construídos e em construção, incluindo os edifícios. O LiderA é um sistema voluntário de avaliação da sustentabilidade da construção, que pode apoiar o desenvolvimento de soluções sustentáveis e em caso de desempenho comprovado, pode atribuir a certificação pela marca portuguesa LiderA - Sistema de Avaliação da Sustentabilidade.




Quais são os objectivos?


Ser uma marca distintiva, Business to Business, do nível de desempenho ambiental e da sustentabilidade da construção. Business to Consumer (v4).




Como se organiza?


O sistema assenta num conjunto de 6 princípios de bom desempenho na procura da sustentabilidade envolvendo: Integração local, recursos, cargas, qualidade do serviço, vivências socioeconómicas, uso sustentável. Concretiza-se em 20 áreas e 40 critérios, nos quais se avalia o ambiente construído (incluindo o edificado) em função do seu desempenho no caminho para a sustentabilidade. Os diferentes valores de desempenho (limiares) decorrem do nível atingido e do tipo de uso.




A quem se destina?


Promotores, Municípios, Projetistas, Empreiteiros, Gestores do Empreendimento, Clientes das Construções.




Que avalia, orienta ou certifica?


Moradias, edifícios, zonas e empreendimentos: residenciais, turísticos, comerciais, de serviços, ou outros, em qualquer fase do seu ciclo de vida. Pode avaliar desde a zona (multi-edifícios) até ao fogo.




Que níveis dispõe?


O sistema classifica o desempenho de A a G, sendo que o nível E representa a prática atual e o nível A, em muitos critérios, corresponde a um desempenho cerca de 50 % superior ao nível E.




Como se aplica?


O representante do empreendimento deve procurar adotar soluções que tenham um desempenho ambiental superior à prática existente nos critérios (que considerar apropriados), bem como dispor de comprovativos dos valores a atingir. Em situações particulares poderá ser efetuado um desenvolvimento e ajustamento específico para o empreendimento em causa. É aconselhável efetuar uma avaliação prévia à certificação.




Que passos a efectuar?


Numa primeira fase, a aplicação normalizada passa pela (1) precisão do âmbito, isto é contacto com a equipa de desenvolvimento, com a qual deve ser aferido qual é a tipologia de empreendimento, as suas características e se dispõe dos limiares e níveis de desempenho adequados, âmbito e etapas a efetuar; (2) programa e acordo; (3) implementação das soluções e recolha dos comprovativos; (4) verificação por parte independente dos comprovativos e níveis encontrados; (5) propostas do nível de desempenho e aferição; (6) atribuição do certificado/reconhecimento pela marca LiderA e acompanhamento.




Que custos estão definidos para a certificação?


Os custos dependem da tipologia e dimensão do empreendimento, do processo abrangido, que pode consistir em apoio ao desenvolvimento em termos de gestão ambiental, avaliação prévia e certificação.

Os valores a utilizar são uma das duas possibilidades a mais favorável:

- 1500 € + 0,15 € m² ABC + IVA

- 150 € + 1 € m² ABC + IVA




Como obter informação?


Equipa de desenvolvimento: Manuel Duarte Pinheiro

Site: http://www.lidera.info | http://www.lidera4all.com





FAQ

(EN version)

  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco

LiderA

Orientação e certificação da sustentabilidade

© 2019 LiderA